domingo, 27 de fevereiro de 2011

Anjo Tilda

Tu és divina e graciosa

Estátua majestosa
No amor!
Por Deus esculturada
E formada com ardor...
Da alma da mais linda flor
De mais ativo olôr
Que na vida é preferida
Pelo beija-flor...

Se Deus
Me fora tão clemente
Aqui neste ambiente
De luz, formada numa tela
Deslumbrante e bela...
Teu coração
Junto ao meu lanceado
Pregado e crucificado
Sobre a rosa e a cruz
Do arfante peito teu...

Tu és a forma ideal
Estátua magistral
Oh! alma perenal
Do meu primeiro amor
Sublime amor...

Tu és de Deus
A soberana flor
Tu és de Deus a criação
Que em todo coração
Sepultas um amor...
O riso, a fé, a dor
Em sândalos olentes
Cheios de sabor
Em vozes tão dolentes
Como um sonho em flor...

És láctea estrela
És mãe da realeza
És tudo enfim
Que tem de belo
Em todo resplendor
Da santa natureza...

Perdão!
Se ouso confessar-te
Eu hei de sempre amar-te
Oh! flor!
Meu peito não resiste
Oh! meu Deus
O quanto é triste
A incerteza de um amor
Que mais me faz penar
Em esperar
Em conduzir-te
Um dia ao pé do altar...

Jurar aos pés do Onipotente
Em preces comoventes
De dor, e receber a unção
Da tua gratidão...

Depois de remir meus desejos
Em nuvens de beijos
Hei de envolver-te
Até meu padecer
De todo fenecer...    (Pixinguinha, Otávio de Souza)



sexta-feira, 25 de fevereiro de 2011

Entardecer

sol poente.
o poente vem se aproximando.
o de ontem foi diferente do de hoje.
o de amanhã não sei como será.
se for triste, o viverei intensamente.
se alegre for, me regozijarei.
o importante é que ele venha.
o poente.
estou mas uma vez entardecendo.
e porque não?
mais uma primavera.
nessa caminhada do rio para o mar.
quantas vezes pude mergulhar!
e sempre no último fôlego, saí, e aliviada respirei.
sob a benção da Trindade Divina,
sempre caminhei, e sinto que o amor
vive em mim. agora mais ainda.
o entardecer de minha vida.
vem.
e outros nascentes também.
hoje agradeço por minha vida e minhas paixões.
sou feliz!



                                                            

sexta-feira, 11 de fevereiro de 2011

segunda-feira, 7 de fevereiro de 2011

Coleção Kokeshi para as Meninas

    Que delícia! Como é bom fazer das mãos um instrumento que torna realidade aquilo que imaginamos. Vi uma kokeshi aqui, outra ali, um molde legal, tecidos alegres, porque não usar os pinceis? As agulhas?  Misturar paninhos! Daí surgiu um saco organizador estruturado, necessaires com toalhinha para guardar um batomzinho, ou uma escovinha de dentes, entre outras coisinhas que as meninas gostam! E ainda uma bolsinha para levar o que quiser. Aproveitem que são só essas peças! Visite minha lojinha. Beijo Grande! Dani.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...